Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Abertura: Judiciário deveria ficar de fora?

Por Frederico Vasconcelos

Do editorial do jornal “Valor Econômico“, nesta sexta-feira (10/2), sob o título “Julgamento do STF fortalece Conselho Nacional de Justiça”:

(…)

A toga confere ao magistrado um duplo papel: o de juiz-autoridade e o de juiz-servidor. Ocorre que, no Brasil, o primeiro insiste em prevalecer sobre o segundo. A polêmica em torno do CNJ é uma de suas manifestações. Desde a criação do conselho, corporações de magistrados tentam minar seu fortalecimento. O risco de retrocesso, que recrudesceu a partir do ano passado, foi momentaneamente afastado. Embora o perigo possa novamente rondar, a decisão do STF representa uma reafirmação da opinião pública e ganha ares de julgamento histórico.

(…)

É de se elogiar o julgamento do STF, que atualiza o Judiciário no processo mais amplo de transparência por que passam as instituições brasileiras. É essencial para que a própria imagem dos juízes idôneos não seja manchada. Se o trabalho de órgãos como o Ministério Público, a Controladoria-Geral da União e os tribunais de contas começam a exasperar servidores e políticos corruptos no Executivo e no Legislativo, por que justamente o Judiciário – cujos integrantes não são eleitos e apresenta um déficit de legitimidade – ficaria de fora?  

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade