Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Ficha Limpa depura costumes políticos

Por Frederico Vasconcelos

OAB-RJ alerta para que sejam evitadas perseguições políticas

O presidente da OAB do Rio de Janeiro, Wadih Damous, entende que a aplicação da Lei da Ficha Limpa nas eleições municipais de outubro próximo vai ajudar na depuração dos costumes políticos no Brasil.

Damous observa que a Lei não pode servir de perseguição a adversários políticos.

“Queremos de fato moralizar a política brasileira mas não às custas de perseguição a adversários. Por isso, a Lei da Ficha Limpa põe sobre os ombros do Poder Judiciário uma grande responsabilidade nesse sentido”, diz Damous.

O Instituto dos Advogados Brasileiros considerou acertada a decisão final do STF pela constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa. Para o presidente da entidade, Fernando Fragoso, “a votação reflete a busca pela ética na política brasileira”.

O IAB informa que sempre foi a favor da aplicação imediata da lei, desde 2010, quando aconteceu o primeiro julgamento no STF.

Na época, o IAB enviou ao STF parecer do ex-ministro Celio Borja com a intenção de que a lei passasse a valer há dois anos, nas últimas eleições.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade