Frederico Vasconcelos

Interesse P√ļblico

 -

Rep√≥rter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, re√ļne¬†textos investigativos, aborda gastos p√ļblicos, pol√≠tica nacional e judici√°rio.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Juiz apoia campanha “anti-lobby” da OAB-PE

Por Frederico Vasconcelos

Do Juiz Federal Roberto Wanderley Nogueira, de Recife, em mensagem ao presidente da OAB-PE, Henrique Mariano, cumprimentando-o pela campanha contra os “atravessadores” que procuram influenciar os magistrados, “valendo-se de rela√ß√Ķes sociais ou at√© de la√ßos de consanguinidade”.

Caro Dr. Henrique Mariano,

Raras vezes somos brindados com textos t√£o socialmente relevantes e t√£o eticamente densos como esse que agora se destaca por combater a imoralidade da pr√°tica do “jeitinho” no trato das causas judiciais em geral. Al√©m de concordar inteiramente com o conte√ļdo do seu brilhante artigo, publicado no “Di√°rio de Pernambuco” e amplamente divulgado pelas redes sociais, parabenizo-o com alegria e reconhecimento e tor√ßo para que seu ide√°rio fa√ßa escola entre os advogados e ju√≠zes brasileiros.

Aproveito para lhe pedir permiss√£o para reproduzir o texto referenciado junto √†s listas de Ju√≠zes de que participo (AMB e AJUFE). Fiquei realmente admirado com a sua coragem e a sua precis√£o cir√ļrgica quanto a um problema que precisa ser enfrentado para, algum dia, se tornar erradicado de nossa experi√™ncia profissional.

Essa pr√°tica auricular, mesmo quando n√£o implique em subalternidade mais s√©ria (se fosse poss√≠vel estabelecer um gradiente entre condutas igualmente incorretas do ponto de vista moral), √© um fen√īmeno social que nos afasta da plena cidadania e do concerto das Na√ß√Ķes realmente civilizadas. N√£o quero dizer com isso que os ju√≠zes n√£o devam se dispor ao contato com advogados, partes e todos aqueles que os procuram, pois √© dever de seu of√≠cio, mas entre se colocarem √† disposi√ß√£o para diligenciar o que for preciso, nos termos da LOMAN, objetivamente falando, e ruminar conversas canhestras ou suspeitosas vai uma grande diferen√ßa, e disso bem o sabemos.

Um dia seremos outros, bem melhores! Convém perseverar e a campanha que a OAB-PE, sob sua Presidência, ora inaugura, é um passo marcante nessa caminhada em direção a um futuro de mais felicidade e menos sofrimento para todos.

Forte abraço e muito obrigado.

Roberto Wanderley Nogueira

Juiz Federal da 1ª Vara e Professor-adjunto da FDR/UFPE e da UNICAP.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade