MPF/DF apura suposta omissão de Mantega

Por Frederico Vasconcelos

Demóstenes Torres foi um dos senadores que pediram a investigação preliminar 

O Ministério Público Federal do Distrito Federal informa que abrirá investigação cível preliminar (procedimento preparatório) para apurar possível prática de improbidade administrativa pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, por eventual omissão quanto ao suposto esquema de corrupção comandado pelo ex-presidente da Casa da Moeda Luiz Felipe Denucci.

No informativo à imprensa, o MPF afirma que a apuração foi decidida “em resposta às inúmeras demandas recebidas pelos órgãos de imprensa nas últimas semanas”.

E acrescenta, ao final, que a apuração é decorrente de representação de autoria dos senadores Demóstenes Torres, Álvaro Dias, Aloysio Nunes, Pedro Taques, Jarbas Vasconcelos e Randolph Rodrigues.