Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Gurgel não vai depor na CPI de Cachoeira

Por Frederico Vasconcelos

Os repórteres Juliano Basile e Raquel Ulhôa, do “Valor Econômico“, informam nesta quarta-feira (2/5) que o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, vai recusar convites para prestar esclarecimentos na Comissão Parlamentar de Inquérito mista que investiga o empresário Carlos Augusto Ramos, mais conhecido como Carlinhos Cachoeira.

A recusa, segundo Gurgel, tem base legal. Como atua na condução, pelo Ministério Público, do inquérito contra o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF), ele não pode figurar como testemunha. Se fosse à CPI, Gurgel prestaria esclarecimentos e isso poderia configurar a sua participação como testemunha nas investigações.

A reportagem cita o precedente do então procurador-geral Antonio Fernando de Souza, que recusou convite da CPI dos Correios, na apuração do esquema do mensalão.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade