Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Juízes ajudam ministros do STF no mensalão

Por Frederico Vasconcelos

Reportagem de autoria do editor deste Blog, publicada neste domingo (1/7) na Folha, revela que um discreto grupo de juízes de primeira instância convocados para auxiliar os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) assumiu papel-chave no processo do mensalão, ajudando a analisar as provas obtidas na fase de instrução e a preparar os votos que serão apresentados no julgamento, em agosto.

Alguns desses magistrados têm se reunido com frequência para trocar informações sobre o caso. Os encontros têm caráter informal e são realizados em geral fora do prédio do STF, em restaurantes e outros locais de Brasília.

O assunto é tratado com extrema reserva. O presidente do STF, ministro Ayres Britto, e o relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, confirmaram os nomes de seus auxiliares no caso do mensalão. Outros ministros consultados não se manifestaram. Os juízes auxiliares evitam fazer comentários.

São citados na reportagem os seguintes juízes que ajudam os ministros na análise das provas e na elaboração das minutas de voto para o julgamento do mensalão:

Carlos Vieira von Adamek (juiz de direito em São Paulo, atua no gabinete do ministro Dias Toffoli);

Danilo Pereira Júnior (juiz federal do Paraná, atua no gabinete do ministro Gilmar Mendes);

João Carlos Costa Mayer Soares (juiz federal de Minas Gerais, atua no gabinete do ministro Ayres Britto);

Sergio Fernando Moro (juiz federal do Paraná, atua no gabinete da ministra Rosa Weber);

Júlio Ferreira de Andrade (juiz de direito em Minas Gerais, atua no gabinete da ministra Cármen Lúcia);

Leonardo de Farias Duarte (juiz de direito no Pará, atua no gabinete do ministro Joaquim Barbosa).

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade