Mensalão: jogo no início do 1º tempo

Por Frederico Vasconcelos

De Joaquim Falcão, professor de direito da FGV Direito-Rio e ex-conselheiro do CNJ, em artigo intitulado “Clareza e uso de muitas perguntas marcam tática do procurador-geral”, publicado neste domingo (5/8) na Folha:

O procurador não envolveu em momento algum a Presidência. Sobrecarregou José Dirceu. As respostas a tantas perguntas, que não atingem necessariamente todos os réus, vão ser dadas nesta semana. Se você já tem suas respostas, sugiro aguardar a defesa. Falta muito.