Mensalão: Pausa para medalhas e desagravos

Por Frederico Vasconcelos

O julgamento do mensalão será retomado na próxima segunda-feira (20/8). Segundo informa reportagem de Vera Araújo, em “O Globo“, o Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, e o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ayres Britto, deverão ser homenageados nesta sexta-feira no “I Congresso Internacional do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público Brasileiro”, evento que se realiza no Rio de Janeiro.

Ainda segundo a mesma reportagem, o encontro teve início ontem com um ato de desagravo ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, “atacado pela defesa dos réus do julgamento do mensalão”.

Por sua vez, o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) divulgou nota de solidariedade aos advogados que atuam na Ação Penal 470, “deplorando a manifestação do Ministro Joaquim Barbosa no Plenário da Alta Corte, pois a impugnação oferecida não ultrapassou os devidos limites de apresentação do incidente de impedimento de qualquer magistrado para o exercício da função em processo sob sua responsabilidade”.

Segundo o IAB, “bastava julgar improcedente o requerimento”.