Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Mensalão: palpites sobre Valério e Lula

Por Frederico Vasconcelos

Reportagem do jornal “Valor Econômico” nesta terça-feira (18/9), sob o título “Para Gurgel, supostas declarações de Valério não interferem na ação penal”, permite as seguintes conclusões sobre os efeitos das supostas declarações do principal operador do mensalão à revista “Veja“:

1. O Procurador-Geral da República admite que Valério pode fazer um acordo de delação premiada, mas isso não ocorreria mais na ação penal do mensalão e sim, se for o caso, em um novo processo;

2. A prioridade do Ministério Público Federal atualmente é a conclusão do julgamento do mensalão;

3. A entrevista publicada não interfere no julgamento que está em andamento. Mas “pode surgir material para eventualmente a instauração de outro inquérito”, Gurgel afirmou, segundo o jornal;

4. Ainda segundo o PGR, uma eventual investigação contra Lula não seria mais feita perante o STF, pois ele não é mais presidente e “não tem mais prerrogativa de foro”.

Gurgel considera Marcos Valério um “jogador”.

A propósito, no início das investigações sobre o mensalão, Valério propôs fazer delação premiada. O então Procurador-Geral da República, Antônio Fernando, considerou que não seria o momento para um acordo em troca de proteção da Justiça.

Como se sabe, a delação premiada só ocorre com aceitação pelo órgão acusador.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade