Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Condenação de deputado contradiz Toffoli

Por Frederico Vasconcelos

Sob o título “Uma cabeça, duas sentenças”, reportagem de Francisco Leali, na edição desta sexta-feira (16/11) do jornal “O Globo“, revela que “o ministro Dias Toffoli, que anteontem fez discurso duro para reclamar das elevadas penas impostas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) aos réus do mensalão, é dono do voto que levou à mais alta condenação já imposta pela Corte”.

Segundo o jornal, o deputado Natan Donadon (PMDB-RO) foi condenado a 13 anos, quatro meses e dez dias de prisão em outubro de 2010, quando Toffoli era o revisor do processo e a ministra Carmén Lúcia, a relatora.

No final daquele julgamento, prevaleceu a proposta do revisor para o crime mais grave, o peculato. A pena ficou um pouco menor do que a proposta original da relatora, mas ainda bem acima do que já apareceu para o mesmo crime no caso do mensalão.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade