Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Dança das cadeiras nos gabinetes do STF

Por Frederico Vasconcelos

O secretário de Gestão de Pessoas do Tribunal de Contas da União, Fernando Camargo, será o diretor-geral do Supremo Tribunal Federal na gestão do ministro Joaquim Barbosa. O diplomata Sílvio Albuquerque, chefe da Divisão de Temas Sociais do Itamaraty, será o chefe de gabinete do novo presidente do Supremo.

Responderá pela Secretaria de Comunicação Social do STF o jornalista Wellington Geraldo Silva, ex-gerente de Comunicação da Previ. A jornalista Silvana de Freitas, responsável pela secretaria na gestão de Ayres Britto, assumirá a assessoria de imprensa da Corregedoria Nacional de Justiça, atividade que está sendo criada pelo ministro corregedor, Francisco Falcão.

O “Diário Oficial da União” publica nesta segunda-feira portarias assinadas pelo ministro Ayres Britto no último dia 16, exonerando e nomeando servidores do gabinete da presidência do Supremo Tribunal Federal e do gabinete do ministro Joaquim Barbosa.

Eis algumas movimentações:

Flávia Beatriz Eckhardt da Silva, então assessora do gabinete de Barbosa, foi nomeada para exercer o cargo de secretário-geral da Presidência do STF.

O chefe de gabinete da presidência na gestão de Ayres Britto, Sergio da Silva Mendes, foi exonerado do cargo e nomeado para a chefia do gabinete do ministro Joaquim Barbosa.

O secretário-geral do então presidente Britto, Anthair Edgard de Azevedo Valente e Gonçalves, foi nomeado para o cargo de assessor de ministro no gabinete do ministro Joaquim Barbosa.

Carla Adriana Stocco, até então chefe de gabinete de Joaquim Barbosa, será chefe da assessoria processual.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade