Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Quem bancará a festa para Joaquim Barbosa?

Por Frederico Vasconcelos

A Folha informa que na próxima quinta-feira (22/11) o ministro Joaquim Barbosa será homenageado pela posse como presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça com um jantar oferecido pela AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) e Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho).

Segundo o jornal, as entidades não divulgam o valor gasto com o evento, que será em uma casa de festas de Brasília. A recepção terá coquetel e uma banda.

O “Correio Braziliense” informa que o coquetel, em uma casa de festas no Setor de Clubes Sul, terá “refinado bufê, que inclui vinho e uísque, e está orçada em pelo menos R$ 120 mil, podendo chegar à cifra de R$ 150 mil”.

Segundo o jornal de Brasília, os custos vão ser divididos pelas três entidades representantes da magistratura.

Se pretende durante sua gestão à frente do STF e do CNJ inibir velhas práticas pouco republicanas no Judiciário, o homenageado deveria exigir que os anfitriões informassem se há recursos públicos ou patrocínios privados para custear parte dos gastos, como já aconteceu em eventos semelhantes.

A imagem das instituições perante sua excelência, o contribuinte, também é reforçada a partir de pequenos exemplos.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade