Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Conselho aprova moção de apoio a Gurgel

Por Frederico Vasconcelos

Associação Nacional dos Procuradores da República aderiu à manifestação

O Conselho Superior do Ministério Público Federal aprovou nesta segunda-feira (25/2) moção de apoio à atuação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, no Supremo Tribunal Federal.

Na sexta-feira, chefes das 32 unidades do MPF assinaram nota de desagravo a Gurgel.

Eis a íntegra da manifestação:

 

O Conselho Superior do Ministério Público Federal, por seus integrantes abaixo assinados, manifesta total repúdio às tentativas de intimidação ao Procurador-Geral da República, Roberto Monteiro Gurgel Santos, decorrentes de sua firme e destemida atuação penal no Supremo Tribunal Federal.

A Constituição brasileira exige que o Procurador-Geral adote a iniciativa de defesa do patrimônio público e do regime democrático, e Sua Excelência tem cumprido com zelo e dedicação este dever, para o bem da coisa pública, com destemor na aplicação da lei.

A intimidação que visa obstruir a continuidade da persecução penal, ainda que reiterada, não o tem inibido de desempenhar a atribuição que lhe cabe no Estado democrático brasileiro na apuração de gravíssimos crimes, como aqueles cujas condenações mudaram a história jurídica do país.

Esta também tem sido a atitude dos Procuradores da República em todo o País.

Relevante assinalar que estes ataques, em verdade, se dirigem à própria instituição que Sua Excelência preside, e a cada um de seus membros.

O Conselho Superior se une em torno de cada um de seus membros e de seu Procurador-Geral para reiterar a confiança em sua atuação, na certeza de que continuará a desempenhar seu dever constitucional com a mesma serenidade, o mesmo ânimo e denodo demonstrados até o momento.

Brasília, 25 de fevereiro de 2013.

MARIA CAETANA CINTRA SANTOS, Vice-Presidente

DEBORAH MACEDO DUPRAT DE BRITTO PEREIRA

HELENITA CAIADO DE ACIOLI

HUGO GUEIROS BERNARDES FILHO

ALCIDES MARTINS

RODRIGO JANOT MONTEIRO DE BARROS

RAQUEL ELIAS FERREIRA DODGE

ELIZETA MARIA DE PAIVA RAMOS

ANTÔNIO AUGUSTO BRANDÃO DE ARAS

EDILSON ALVES DE FRANÇA, Corregedor-Geral suplente

ALEXANDRE CAMANHO DE ASSIS, Presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República-ANPR, que aderiu à moção

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade