Senado aprova indicações para o CNJ

Por Frederico Vasconcelos

O plenário do Senado Federal aprovou, na tarde desta quarta-feira (3/4), as indicações da ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), e do desembargador Guilherme Calmon Nogueira da Gama, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), para integrarem o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no biênio 2013-2015. Os nomes já haviam sido aprovados na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) daquela Casa legislativa.

A ministra Maria Cristina Peduzzi foi indicada para compor o CNJ pelo TST, e o desembargador Guilherme Calmon, pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Na votação em plenário, o nome da ministra recebeu dos senadores 57 votos favoráveis e 3 contrários. Já o desembargador foi aprovado por 61 votos a 2.