Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Quando o Judiciário é a bola da vez

Por Frederico Vasconcelos

Do jornalista César Felício, correspondente do jornal “Valor Econômico” em Buenos Aires, em artigo sob o título “Poder Judiciário, o novo inimigo do povo”, na edição desta quinta-feira (2/5), em que trata dos confrontos entre poderes na Argentina e no Brasil:

Conflitos institucionais, antepondo o Judiciário aos dois outros eleitos pelo povo, (…), são previsíveis e pertencem à crônica mundial. O caso dos últimos dias no Brasil, com seu jogo de ameaças mútuas entre o Congresso e o STF, não foi o primeiro e não será o último. O problema ganha gravidade quando o conflito entre Poderes é um método de ação política e a desinstitucionalização é uma meta”.

O colunista anota que, na Argentina de Cristina Kirchner, o vilão da ocasião é o Poder Judiciário. O primeiro inimigo do povo definido pelo kirchnerismo veio dos quartéis. Vieram em seguida os monopolistas do comércio, o sistema financeiro internacional, o grande latifúndio e o conglomerado de mídia Clarín.

Felício cita o historiador Luis Alberto Romero:

“É preciso definir quem é o inimigo do povo e constantemente renová-lo. O inimigo é necessário para a explicação de todos os problemas. Sempre há uma corporação nova contra quem lutar. É um truque velho. Repugnante mas eficaz”.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade