Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Salários do MP e jogo de esconde-esconde

Por Frederico Vasconcelos

Reportagem de Beatriz Izumino, publicada na edição desta quinta-feira (16/5) na Folha, trata de um tema que costuma frequentar os comentários de magistrados neste Blog: a falta de transparência no Ministério Público para divulgar o salário dos seus servidores.

No dia em que a Lei de Acesso à Informação completa um ano em vigor, constata-se que apenas oito Ministérios Públicos Estaduais publicam nomes e salários numa mesma página ou documento.

Outros 11 trazem os salários associados aos números de matrícula –e não aos nomes– dos funcionários.

Em seis deles, há listas, mas é preciso acessar servidor a servidor para saber os salários.

Os Ministérios Públicos dos Estados apresentam diferentes justificativas para dificultar o acesso aos salários dos servidores.

As Promotorias de Minas Gerais e São Paulo, que pedem dados do solicitante para liberar dados, dizem seguir norma do Conselho Nacional do Ministério Público.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade