Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Crime em março, condenação em maio

Por Frederico Vasconcelos

Após doze horas de julgamento, o Tribunal do Júri de Brasília condenou na noite da última quarta-feira (22/5) Victor Medeiros Borges, de 29 anos de idade, acusado de matar a ex-companheira Fernanda Grasielly de Almeida Alves a golpes de faca, numa loja do Terraço Shopping, no dia 1º de março deste ano.

Ele foi sentenciado a 18 anos de reclusão –a serem cumpridos em regime inicial fechado– por homicídio qualificado por motivo torpe e praticado mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. O réu não pode recorrer da sentença em liberdade.

Segundo informa a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, o defensor do réu ressaltou a celeridade do julgamento que foi realizado 82 dias após o crime.

Na véspera do julgamento, o Tribunal informou que a Defensoria Pública do Distrito Federal acompanhou o caso desde o início, e que o réu concordou com a data do julgamento.

Ainda segundo a assessoria do TJ-DFT, a celeridade do processo foi atribuída ao esforço conjunto do Poder Judiciário, Defensoria Pública e Ministério Público, tendo sido mantidos todos os direitos de defesa garantidos ao réu.

Processo nº 2013.01.1.026779-3

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade