Anos da ditadura em contos de Lagrasta

Por Frederico Vasconcelos

Desembargador do TJ-SP lança livro com estórias sobre o período do regime militar.

 

 

O desembargador Caetano Lagrasta, do Tribunal de Justiça de São Paulo, lança hoje o livro “1968 e outras estórias”, com “contos curtos, com linguagem cortante, que retratam os anos da ditadura militar”. (*)

Segundo os editores, as estórias “surgem de cenários urbanos com personagens que protestam, homens e animais que rangem dentes e garras e se arriscam pessimistas em surdas revoltas de um cotidiano torturado”.

“Seus personagens são restos de pessoas que perderam a esperança e sucumbem ao terror, vagando pelas ruas e repartições públicas, enquanto imaginam um 1984 descrito por Orwell ou por um sátiro. Anos 60 representados na obra e que se repetem hoje nos movimentos de rua”.

Com quase 50 anos de serviço público e 38 de magistratura, Caetano Lagrasta é fotógrafo, autor de poemas, contos, crônicas, fez roteiros de cinema e argumentos musicais.

Ainda segundo os editores, “apresenta-se como ator no cinema alternativo, no mesmo ano que ingressa na carreira de juiz, para a qual sempre levou o inconformismo do comprometimento social”.

Lagrasta é autor de obras jurídicas que tratam de temas sobre Direito de Família, mediação e gerenciamento do processo, entre outros.

(*)

Local: Shopping Pátio Higienópolis
Endereço: Av. Higienópolis, 618
Horário: 18h30 às 21h30