Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Sem viatura policial, juiz leva réus em seu carro

Por Frederico Vasconcelos

Em meio a notícias sobre o uso indevido de veículos oficiais de tribunais por desembargadores, foi exemplar a decisão do juiz criminal Rodrigo Morillos, da comarca de Rio Negro, na região metropolitana de Curitiba (PR). Como não havia veículos da Polícia Militar e da Polícia Civil para conduzir quatro réus ao Fórum, onde seriam julgados na última quinta-feira, Morillos resolveu buscá-los na cadeia em seu carro particular.

“Foi uma situação pontual”, disse Morillos ao Blog. A PM estava sem viatura, e a Polícia Civil não podia atender, pois era dia de visita na delegacia e todos os policiais atendiam os familiares dos presos. Acompanhado por um policial, o magistrado fez duas viagens para levar os quatro detentos.

“Me vi sem outra alternativa, pois todas as testemunhas estavam aqui”, afirma.

Juiz de direito há onze anos, Morillos diz que o episódio “é apenas uma consequência do grande problema da área da Segurança Pública no Estado do Paraná”.

“Historicamente, o Estado insiste em manter a pessoa do preso sob custódia da polícia. A Polícia Civil, em vez de investigar, tem que fazer a escolta e cuidar da carceragem.”

Segundo o juiz, “a grande política na área da Segurança Pública só vai acontecer quando a Polícia Civil for só Polícia Civil, e a Polícia Militar, só Polícia Militar”.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade