Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

CNJ não decide com serenidade, diz juiz

Por Frederico Vasconcelos

E a imprensa “cobre com ligeireza e pede punições”, acrescenta magistrado.

Sob o título “Ah, o CNJ, tão mal coberto pela imprensa….”, o texto a seguir foi publicado no blog “Fazenda Pública de Osasco”, do juiz estadual José Tadeu Picolo Zanoni, de São Paulo.

O comentário antecede a reprodução de reportagem de autoria do autor deste blog, revelando que o CNJ deverá julgar vários processos de juízes suspeitos de venda de sentença que tiveram tramitação emperrada no órgão de controle do Judiciário.

 

Eu queria ler uma cobertura pela imprensa que não se limitasse a pedir punições.

Eu gostaria que a imprensa cobrisse o CNJ com atenção, analisando quem são os conselheiros, como eles decidem, no que eles diferem de outros conselheiros. No que uma composição difere da outra.

Gostaria que a imprensa acompanhasse casos que já passaram pelo CNJ e foram suspensos ou reformados pelo STF.

Um exemplo é o caso da juíza Clarice, do Pará, afastada pelo CNJ, condenada pelo CNJ e cuja pena foi revista pelo STF.

Nessas horas o CNJ não decide com a serenidade esperada dos juízes. Decide pensando num sentimento de justiça difuso, mas longe do que é realmente justo. É nessas horas em que agradecemos de joelhos o fato do STF não se atemorizar como o CNJ ou, em outras palavras, por ter mais apego ao JUSTO.

Mas não, a imprensa cobre com ligeireza, pede punições e “avalia” superficialmente, no que a nova composição pode ser mais “dura” que a anterior. Ora, o nome é Conselho Nacional de  JUSTIÇA. A meta é fazer Justiça ou punir, punir, punir? Pela imprensa, não há dúvidas: é punir, sem perguntar se é justo, se direitos foram respeitados, se as decisões foram tomadas com ponderação.

Mas, do jeito que a imprensa vai, vou continuar esperando.

A notícia abaixo é do blog do Fred, que tenta cobrir da melhor forma.

[Aqui, o magistrado transcreve a reportagem publicada no domingo 10/9 na Folha].

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade