Senado aprova procuradora para o CNJ

Por Frederico Vasconcelos

 

O Senado Federal aprovou, nesta quarta-feira (16/10), a indicação da procuradora Regional da República Luiza Cristina Fonseca Frischeisen para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na vaga anteriormente ocupada pelo conselheiro Wellington Saraiva.

Luiza Frischeisen integra o Ministério Público Federal desde 1992 e atua na 3ª Região (São Paulo e Mato Grosso do Sul), onde foi procuradora-chefe no período de 2008 a 2012.

Ela vai compor o Conselho no biênio 2013-2015 na vaga destinada a membro do Ministério Público da União.

Indicada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, Luiza Frischeisen foi sabatinada na manhã desta quarta-feira na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, que aprovou o seu nome por unanimidade.

Na parte da tarde, a indicação foi analisada em caráter de urgência pelo plenário, onde foi aprovada por 58 votos favoráveis e 8 contrários, num total de 66 votos.

A aprovação do nome pelo Senado deverá ser comunicada à Presidente da República, Dilma Rousseff, a quem cabe nomear os membros do CNJ.