Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Advogados avaliam a mídia no mensalão – 20

Por Frederico Vasconcelos

Marthius Sávio Cavalcante Lobato: Mídia tem que informar, não coagir.

 

A seguir, trechos da entrevista com o advogado Marthius Sávio Cavalcante Lobato, defensor do réu Henrique Pizzolato, publicada no livro “AP 470 – Análise da intervenção da mídia no julgamento do mensalão a partir de entrevistas com a defesa”.

 

 

A imprensa tem constitucionalmente a legitimidade de fazer denúncias, o que ela não pode é fazer denúncias vazias e utilizar das suas relações privadas para ‘publicizar’ interesses.

Há uma atuação da mídia questionando a todo tempo e a todo instante, há essa pressão sim. Eu senti isso. Mostrar as tentativas de falhas da defesa, de erros da defesa. Em momento algum veio buscar a presunção de inocência. Isso eu senti claramente da mídia. Nunca me perguntavam por que o Ministério Público que tinha que provar. A presunção era da culpa.

Essa experiência da ação penal 470 nos leva a um caminho nesse sentido, de impor limites de atuação na informação. A informação não pode se transformar em interesses privados, ela tem que informar, não coagir.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade