Frederico Vasconcelos

Interesse Público

 -

Repórter especial, trabalha na Folha desde 1985. No blog, reúne textos investigativos, aborda gastos públicos, política nacional e judiciário.

PERFIL COMPLETO

Publicidade
Publicidade

Leitor questiona exigência de concurso da AGU

Por Frederico Vasconcelos

O Blog recebeu a reclamação abaixo, enviada por um leitor inconformado com critérios que estariam sendo adotados em concurso na Advocacia Geral da União. Consultado a respeito, o órgão prestrou os esclarecimentos publicados na sequência.

 1. Consulta do leitor:

“O concurso para o cargo de Procurador Federal da AGU (promovido pelo CESPE) que está em andamento indeferiu a inscrição de, aparentemente, cerca 200 candidatos, com justificativas esdrúxulas, como, por exemplo, a não apresentação de documentos em sua via original para comprovação de prática jurídica. Veja: não reconheceram cópias autenticadas em cartório. Vale acrescentar que o Edital é claro ao dizer que não seriam devolvidos os documentos apresentados pelos candidatos.  O absurdo não se dá apenas pelo fato de o Estado-Administrador não reconhecer o “aval” dado pelo cartório do próprio Estado-Administrador, mas especialmente em razão de o Edital expressamente prever que os documentos deveriam ser apresentados por cópia autenticada”.

   2. Resposta da AGU, por intermédio de sua Assessoria de Comunicação Social:

 O concurso para ingresso na carreira de Procurador Federal está em fase de análise de recursos quanto ao resultado preliminar de inscrição definitiva. O Cespe, órgão contratado para executar o concurso, está analisando os recursos apresentados pelos candidatos e publicará, nos próximos dias, o resultado definitivo das inscrições deferidas. A Procuradoria-Geral Federal, órgão da AGU, e o Cespe estão cientes da situação apontada. Assim, é necessário aguardar o resultado definitivo quanto ao deferimento das inscrições ou não.

Blogs da Folha

Categorias

Sites relacionados

Publicidade
Publicidade
Publicidade