Sartori reativa blog e denuncia “retaliação”

Por Frederico Vasconcelos

Blog do Sartori

Ex-presidente do TJ-SP seleciona críticas à gestão de José Renato Nalini e não cita os elogios ao sucessor.

O desembargador Ivan Sartori, ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, reativou seu blog nesta sexta-feira (18/4) com dois posts, segundo informa, “denunciando a nova administração do TJ-SP de retaliar a anterior”.

Um dos posts trata dos primeiros 120 dias da gestão Sartori. O outro post tem o seguinte título: “Razões do descontentamento de Sartori com a gestão de Nalini”.

Sartori selecionou trechos desfavoráveis à administração do sucessor a partir de reportagem publicada neste Blog com ampla avaliação de magistrados, advogados e especialistas sobre os primeiros 90 dias da gestão Nalini. Ele não reproduz elogios a Nalini que constavam na matéria (no Facebook, Sartori havia reproduzido a íntegra do texto).

O ex-presidente acrescenta no site os seguintes motivos que também o deixaram descontente:

O CETRA e a política de combate ao assédio moral foram abandonados, assim como o projeto e PPP de construção das torres dos gabinetes dos desembargadores, o que geraria fabulosa economia em alugueres. Note-se que Nalini também assinou o termo de cooperação com o Governo do Estado. Ainda, não se tem notícia de como está o Projeto Fórum São Paulo. As 10 Regiões Administrativas estão sendo arrefecidas. Não se vê transparência.

A preocupação do atual presidente, ficou claro, é apagar, sobrepor ou abandonar tudo que foi feito na gestão anterior, tanto que Sartori foi completamente banido de todas as publicações no site do Tribunal, embora muita coisa tenha acontecido até aqui, como a volta de um Presidente, pela primeira vez, à Câmara ordinária. Para a posse, não recebeu convite e, comparecendo, foi praticamente ignorado na solenidade pelo empossando, não, evidentemente, por servidores e juízes.

Claudia Sartori, criadora, idealizadora e articuladora das grandes campanhas do CASC (braço social do Tribunal), não foi convidada para a solenidade de reinicio dos trabalhos do CASC, no presente exercício. Aliás, seu nome não foi sequer mencionado.

Pode-se dizer que estes últimos aspectos são irrelevantes para a administração ou mesmo secundários. É verdade. São sim. Mas, não menos verdade que são fortes indícios a roborarem a conclusão de que se está fazendo de tudo para desconstruir ou apagar a gestão anterior e, pior, em prejuízo do Judiciário.

Com novo título, o “Blog do Sartori Presidente Biênio 2012/2013” pode ser acessado no mesmo endereço do anterior, no qual o desembargador prestou relevante serviço aos jurisdicionados quando publicava as atas das sessões do Órgão Especial do TJ-SP e o resumo das decisões tomadas pelo colegiado:

http://orgaoespecialsartori.zip.net/