Tribunal gaúcho faz casamento coletivo gay

Por Frederico Vasconcelos

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul vai realizar, em Porto Alegre, seu primeiro casamento coletivo de  casais homoafetivos.

A cerimônia ocorrerá no dia 25 de setembro, às 16h, na Galeria dos Casamentos, no Palácio da Justiça.

Quem informa o evento é a advogada Maria Berenice Dias, que foi a primeira juíza e a primeira desembargadora do Rio Grande do Sul. Atualmente, ela exerce a advocacia, dirige o primeiro escritório especializado em Direito Homoafetivo, mantendo site que oferece jurisprudência que assegura direitos à população LGBT.

Maria Berenice é vice-presidente nacional do Instituto Brasileiro de Direito de Família.

As inscrições para o casamento do TJ-RS podem ser feitas até o dia 25 de julho e as vagas são limitadas a 30 casais, residentes na Capital e sem  condições de arcar com os custos.