Presidente deve ouvir a sociedade, diz Moro

Por Frederico Vasconcelos

Juiz federal mais votado entre os pares para a vaga de Joaquim Barbosa defende consulta à sociedade civil.

Do juiz federal Sergio Fernando Moro, o mais votado na lista tríplice da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), em eleição realizada como indicação da entidade para a vaga no Supremo Tribunal Federal decorrente da aposentadoria antecipada do ministro Joaquim Barbosa, em mensagem enviada a pedido do Blog:

 

“Sempre defendi um papel mais ativo para a sociedade civil na seleção de Ministros do Supremo Tribunal Federal. Essas escolhas, independentemente da qualidade dos ungidos, não devem, pelo impacto na vida de todos, ficar restritas às discussões palacianas.

Seguindo esse princípio, após o convite da AJUFE e apesar de relutar, disponibilizei meu nome para a realização da consulta entre os magistrados federais.

Embora eu não esteja nem remotamente em campanha para o cargo, tive grande satisfação em ter recebido a confiança de meus pares e ainda em figurar em lista composta por magistrados tão qualificados, como os Desembargadores Fausto De Sanctis e Leandro Paulsen.

Para mim é gratificação suficiente. Desejo que a Presidente faça a sua escolha com sabedoria e que saiba ouvir a sociedade civil, não só a AJUFE, mas também outras organizações que possam contribuir com a seleção.”