Um filme sobre o inferno das prisões no Brasil

Por Frederico Vasconcelos

SEM PENA
Será realizada na próxima segunda-feira, no Cine Livraria Cultura, no Conjunto Nacional, em São Paulo, a sessão de pré-estreia do longa-metragem “Sem Pena“, uma parceria da Heco Produções com o IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa).

Dirigido por Eugenio Puppo, o filme trata da falência do sistema prisional brasileiro, da falta de acesso à justiça e do encarceramento abusivo e seletivo que reforça o ciclo “cadeia-rua-cadeia”.

O filme foi idealizado pela advogada criminal Marina Dias, ex-presidente do IDDD, responsável pela produção executiva e pesquisa, um trabalho iniciado em 2009.

O documentário retrata, com depoimentos, a situação de pessoas presas e processadas criminalmente. Tem testemunhos de juízes, promotores, advogados e especialistas do sistema de justiça criminal.

Segundo os produtores, o filme “desce ao inferno da vida nas prisões brasileiras, para expor as entranhas do sistema de justiça do país, demonstrando como morosidade, preconceito e a cultura do medo só fazem ampliar a violência e o abismo social”.

As cenas foram filmadas em penitenciárias, Defensorias Públicas, Centros de Ressocialização, e outros locais relacionados à justiça criminal, como Instituto Psiquiátrico, Fórum Criminal e Tribunal de Justiça.

Selecionado para o 47º Festiva de Cinema Brasileiro de Brasília, o filme ganhou o Prêmio de Melhor Filme do Júri Popular.

Sem Pena” entrará em cartaz no dia 2 de outubro em doze cidades.  (*)

—————————————————————————————-
(*) São Paulo, Rio de Janeiro, Santos, Brasília, Fortaleza, João Pessoa, Recife, Vitória, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis).