Ministro Og Fernandes é eleito corregedor-geral da Justiça Federal

Por Frederico Vasconcelos

Og Fernandes

O ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça, foi eleito nesta quarta-feira (11) Corregedor-Geral da Justiça Federal, sucedendo ao ministro Humberto Martins.

Ele foi escolhido depois que os ministros Herman Benjamin, Napoleão Nunes e Jorge Mussi abriram mão do cargo. Benjamin chegou a ser eleito, mas, ao saber que não poderia assumir o Tribunal Superior Eleitoral em setembro, renunciou.

Geraldo Og Nicéas Marques Fernandes é pernambucano, como o atual presidente do STJ, ministro Francisco Falcão. Bacharel em Direito e Jornalismo, foi repórter do jornal “Diário de Pernambuco” e advogado criminal antes de ingressar na magistratura.

É considerado um magistrado discreto, com experiência em trabalhos de corregedoria e ouvidoria.

Foi juiz auxiliar da Corregedoria da Justiça do Tribunal de Justiça de Pernambuco. Presidiu o tribunal estadual em 2008, até o mês de junho, quando ingressou no STJ.

Og Fernandes recebeu menção honrosa no 1º Prêmio Innovare, com o tema “Ouvidoria Judiciária“, resultado da implantação no TJ-PE da primeira ouvidoria de caráter permanente do Judiciário.

Coordenou o processo de informatização e a implantação dos Juizados de Pequenas Causas no TJ-PE.