Livro narra história de brasileiro executado na Indonésia em janeiro

Por Frederico Vasconcelos

Livro de GalloO jornalista Ricardo Gallo, da Folha de S.Paulo, lançará nesta quarta-feira (4) em São Paulo o livro “Condenado à Morte“, publicado pela editora Três Estrelas. Haverá debate do autor com o jornalista Sérgio Dávila, editor-executivo da Folha. (*)

O livro reconstitui a trajetória do carioca Marco Archer Cardoso Moreira, preso em 2003 no aeroporto de Jacarta, na Indonésia, com treze quilos de cocaína escondidos nos tubos de uma asa delta.

Marco foi o primeiro brasileiro a ser executado fora do país. Foi fuzilado em janeiro deste ano.

Ricardo Gallo [foto] é repórter do caderno “Cotidiano” da Folha, jornal onde trabalha desde 2003. Para pesquisar sobre o esportista que se envolveu com o tráfico internacional de drogas, viajou para a Indonésia, Amsterdã, Cingapura, Rio de Janeiro e Manaus .

“Em agosto de 2009, a Folha me indicou para representar o jornal em um fórum econômico e de turismo na Indonésia. Comecei, então, a procurar pautas relacionadas ao país e encontrei a história do Marco Archer Cardoso Moreira, na ocasião já condenado à morte por tráfico de drogas”, narrou o autor, em entrevista ao site “Jornalistas&Cia”.

O repórter entrevistou dezenas de pessoas e conseguiu, depois de longa espera, entrar na prisão de segurança máxima Pasir Putih –espécie de “Alcatraz asiático” localizado na cidade de Cilacap–, e encontrar-se com Marco Archer.

“Eu não contava que o Marco fosse ser morto. Em 2014, concluí o livro com o último capítulo batizado de ‘Condenado ao esquecimento'”, diz Gallo. Para ele, o brasileiro não seria solto, mas tampouco seria morto.

“Ricardo, sou eu, Curumim, please me liga q eu preciso falar com vc urgente.” Essa foi a mensagem de texto que Marco, que tinha apelido de Curumim, mandou para Gallo no dia 12 de janeiro, dias antes da execução, segundo narra a jornalista Patrícia Campos Mello em resenha sobre o livro.

—————————————————
(*)

SERVIÇO:
Data: 4 de março (quarta-feira)
Horário: Das 18h30 às 19h30 – Debate; Das 19h30 às 21h30 – Autógrafos
Local: Livraria da Vila – Shoping Pátio Higienópolis (Av. Higienópolis, 618, Piso Pacaembu – São Paulo)