Associação afasta o juiz do Porsche

Por Frederico Vasconcelos

Eike Batista, Porsche e Juiz Flávio Souza

A Ajuferjes (Associação dos Juízes Federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo) distribuiu mensagem aos associados sobre sindicância na Corregedoria Regional e procedimento interno na entidade envolvendo o juiz Flávio Roberto de Souza. O magistrado foi afastado nesta quinta-feira (5) do cargo de titular da 3ª Vara Federal Criminal, em decisão unânime do Órgão Especial do Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

Durante correição na Vara, foram descobertas irregularidades mais graves, além do uso indevido do Porsche do empresário Eike Batista.

Eis a íntegra do comunicado:

 

Prezados Colegas,

Como esclarecido em nossa nota anterior, a AJUFERJES vem acompanhando com bastante proximidade os desdobramentos dos últimos acontecimentos envolvendo o associado Flávio Roberto de Souza, visando sempre a defesa de suas prerrogativas funcionais.

Foi nesta posição que estivemos presentes hoje, ao lado do Vice-Presidente Biancchi, acompanhando o referido associado em seu depoimento perante o Corregedor-Regional.

Todavia, inteirando-nos das nuances das investigações correicionais e de diversos dados novos trazidos à luz pelo próprio associado e pela corregedoria após correção extraordinária na 3a. Vara Criminal, entendemos por instaurar imediato procedimento interno para sua exclusão dos quadros associativos, com fulcro no artigo 11, alínea “d” do Estatuto Social.

Em consequência, a partir desta data, por incompatibilidade com o aludido procedimento instaurado, o associado Flávio Roberto de Souza deixa de ser assistido por nossa Associação.

Wilson Witzel
Presidente da AJUFERJES