Juízes pedem bicicletários no TJ-SP

Por Frederico Vasconcelos

No mesmo dia em que a Justiça suspendeu a implantação de ciclovias em São Paulo –e apenas por coincidência– um requerimento de juízes e servidores,  assinado por Roberto Luiz Corcioli Filho, Juiz de Direito Auxiliar, pediu ao presidente do TJ-SP, Desembargador José Renato Nalini, a indicação de locais no tribunal para guardar bicicletas e a instalação de vestiários com chuveiros e armários. (*)

Eis a íntegra do requerimento:

 

Os magistrados, servidores e estagiários abaixo nominados vêm, respeitosamente, apresentar o seguinte pleito a V. Exa.

É sabido que ultimamente o Brasil tem se sensibilizado cada vez mais para questões como a preservação do meio-ambiente e o uso de meios alternativos para uma melhor mobilidade urbana.

Nesse contexto, impulsionado pela crescente implantação de ciclovias por toda a cidade de São Paulo, tem-se observado um número também crescente de pessoas que têm se valido da bicicleta como meio de transporte para os deslocamentos diários ao trabalho.

Com isso, naturalmente, surge a demanda por locais adequados não apenas para o seguro acondicionamento de bicicletas como também para o uso dos ciclistas que desejem trocar de roupa ou mesmo banhar-se ao chegar ao trabalho.

Assim, esperançosos que essa Presidência do Tribunal Bandeirante demonstre a necessária sensibilidade ao tema, os magistrados, servidores e estagiários abaixo nominados vêm requerer que se implante uma adequada infraestrutura para o acolhimento dessa nova e saudável demanda surgida com o crescente uso da bicicleta como meio de transporte de dezenas de pessoas que trabalham nos prédios centrais do Judiciário na Capital – sem prejuízo, evidentemente, da extensão do projeto para todos os prédios nos quais a mesma demanda se apresente.

Pleiteia-se, portanto, a instalação de bicicletários e vestiários (com chuveiros e armários) nos prédios do próprio Tribunal de Justiça (GADE 9 de Julho e GADE 23 de Maio) e Fórum João Mendes Jr. Ou, caso se mostre mais racional por ora, a instalação de tal infraestrutura de modo centralizado, a atender todos esses locais.

Obs. Texto alterado às 10h50.

————————————————-

(*) O pedido é assinado pelos juízes Roberto Luiz Corcioli Filho, Tom Alexandre Brandão e Wander Benassi Júnior e pelos seguintes servidores e estagiários: Pedro Villalobos Hrdlicka, Ronaldo José da Silva Jr., Fernando Pereira de Araújo, Daniel da Costa Oliveira, Renata Sarantonelli Barbosa, Roberto Nunes da Cunha Vilela, Assimone Demetrios Papathanassiou, Pedro Ciccone Teixeira, Andrea Karin Degaki Haniuda e Deborah Annunziato.