TST elege representantes no CNJ

Por Frederico Vasconcelos

O Pleno do Tribunal Superior do Trabalho elege nesta terça-feira (12) os dois magistrados que vão representar a Justiça do Trabalho no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para o biênio 2015/2017.

Concorrem às vagas 11 desembargadores de Tribunal Regional do Trabalho e 26 juízes do trabalho.

Os nomes serão submetidos aos 27 ministros do TST, que escolherão um nome de cada, após análise curricular.

Os indicados, que vão substituir o desembargador Flávio Portinho Sirangelo, do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS), e o juiz do trabalho Rubens Curado Silveira, da Justiça do Trabalho da 10ª Região (DF e TO), passam ainda por sabatina e aprovação do Senado Federal.