Pedir desculpas prova ofensa racial

Por Frederico Vasconcelos

A notícia abaixo foi divulgada pelo Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina:

***

A 1ª Câmara do Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina (TRT-SC) condenou a rede de supermercados Angeloni a pagar uma indenização de R$ 10 mil a uma assistente de padeiro que era chamada de ‘nordestina’, ‘fedida’ e ‘preta do cabelo duro’ por outros quatro funcionários da empresa. Mesmo sem testemunhas, ela conseguiu provar o assédio a partir de um boletim de ocorrência policial, no qual os colegas pedem desculpas pelas agressões.

 ——————————————————

Leia a matéria completa em: http://bit.ly/1JdniK1