Convocação de advogada é criticada

Por Frederico Vasconcelos

O presidente da Associação dos Advogados de São Paulo, Leonardo Sica, critica a convocação da advogada Beatriz Catta Preta para prestar esclarecimentos à CPI da Petrobras sobre a origem de seus honorários. O pedido foi feito pelo Deputado Celso Pansera (PMDB). Para Leonardo Sica, a convocação é ilegal e cria um precedente grave de afronta ao direito de defesa.

“O ato da CPI é de espantosa ousadia autoritária, especialmente diante das declarações dos parlamentares, deixando claro que pretendem inibir a ‘desenvoltura’ do direito de defesa. Parece que a Câmara dos Deputados está perdendo a noção de regras básicas da democracia”, afirma Sica.