No fundo do poço, não tem como piorar muito, diz Francisco Lopes

Por Frederico Vasconcelos

Chico LopesO economista Francisco Lopes, ex-presidente do Banco Central, prevê que o país terá a pior recessão dos últimos 25 anos, mas a presidente Dilma Rousseff concluirá o mandato “tranquilamente”.

Em entrevista a Flavia Lima e Cristian Klein, do “Valor Econômico“, publicada nesta terça-feira (14) Lopes diz que “com uma presidente com uma popularidade de 9% não tem o que cair mais”.

“Há uma coisa boa de estar no fundo do poço. Politicamente não tem como piorar muito”, avalia o economista.

Para Lopes, “a briga política é em 2018”. “É isso que está em jogo. Mas acho que a economia está independente disso. A grande contribuição do governo Fernando Henrique para esse país foi a criação de uma série de instituições sólidas, como, por exemplo, o Banco Central. A ideia da responsabilidade fiscal. E acho que o mérito dos governos do PT foi não ter tentado destruir isso”.

Francisco Lopes diz que “é difícil saber em que medida a Lava Jato desarticula o setor da construção, que não tem participação muito grande no PIB”.

“Acho que se as grandes construtoras forem inviabilizadas, vai ser preciso deixar estrangeiros e construtoras menores. Mas o sistema resolve isso”, afirma.

Ele acredita que a economia voltará a crescer no segundo semestre de 2016.