Equipe de Janot viaja à Suíça

Por Frederico Vasconcelos

O procurador da República e Secretário de Cooperação Internacional Substituto, Carlos Bruno Ferreira da Silva, participa nesta quarta-feira (5) de reunião em Lausane, na Suíça, relativa às investigações sobre supostas propinas pagas pela empresa holandesa SBM Offshore para obter contratos da Petrobrás.

Os procuradores da República Renato Silva de Oliveira e Leonardo Cardoso de Freitas e o servidor do Ministério Público Federal Nerrian Alves Possamai também estarão na Suíça (Lausane) e na Inglaterra (Londres) nesta semana.

Eles participarão de encontros sobre os desdobramentos do mesmo procedimento que investiga a possível prática de ilícitos penais por funcionários da Petrobras ou agentes públicos em geral, contra o patrimônio da União, do BNDES e de investidores que detenham ações da estatal.

Em janeiro, o chefe de gabinete de Janot, Eduardo Pelella, realizou diligências em Lausane sobre a mesma investigação que tem origem no Rio de Janeiro.