Entidades de juízes divulgam nota em solidariedade a Ricardo Lewandowski

Por Frederico Vasconcelos

Os presidentes da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) divulgaram nota de solidariedade ao presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, alvo, segundo as entidades, de “grave assédio” praticado por parcelas dos servidores do Poder Judiciário da União durante o movimento reivindicatório da categoria.

Segundo Antônio César Bochenek, Germano Siqueira e João Ricardo dos Santos Costa, cercar o veículo que transportava o presidente do STF e abordá-lo desrespeitosamente em aeronaves e aeroportos “não são procedimentos compatíveis com a convivência democrática”.

 

Eis a íntegra da manifestação:

***

Nota em solidariedade ao presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski

As entidades representativas da Magistratura brasileira acompanham com apreensão algumas atitudes empreendidas recentemente por parcelas do movimento reivindicatório dos servidores do Poder Judiciário da União.

O direito de luta e de livre manifestação de qualquer categoria profissional, inclusive por recomposição remuneratória, recebe o apoio da Magistratura, mas não pode ser confundido com um imaginado direito de constranger física e moralmente representantes institucionais ou qualquer cidadão.

Episódios recentes de grave assédio ao Presidente do Supremo Tribunal Federal, tais como cercar o veículo que o transportava, abordá-lo desrespeitosamente em aeronaves e aeroportos ou entoar palavras de ordem hostis à sua figura, além de veicular mensagens e microcartazes eletrônicos igualmente ofensivos por e-mails institucionais, não são procedimentos compatíveis com a convivência democrática.

As associações abaixo subscritas prestam solidariedade ao Presidente Enrique Ricardo Lewandowski e conclamam a que todas as ações reivindicatórias se realizem dentro de limites democráticos, com respeito às liberdades individuais, às divergências e às instituições.

Brasília, 20 de agosto de 2015
Antônio César Bochenek
Presidente da Ajufe

Germano Siqueira
Presidente da Anamatra

João Ricardo dos Santos Costa
Presidente da AMB