Quando o investigado escolhe o juiz

Por Frederico Vasconcelos

José Eduardo Cardozo e Renan Calheiros

Da revista “Veja“, em trecho de reportagem de Adriano Ceolin e Robson Bonin:

***

“Na semana passada, antes de indicar o novo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o titular da Justiça, José Eduardo Cardozo, consultou Renan [Calheiros, presidente do Senado] sobre o nome de Marcelo Navarro Dantas. Estranho. O ministro da Justiça pedir a chancela de um investigado para nomear o juiz que pode julgar um processo de seu interesse amanhã é algo que passa longe de qualquer princípio republicano.”