Calheiros decidem sobre vaga no TCE

Por Frederico Vasconcelos

Olavo Calheiros, Renan Calheiros Filho e Renan Calheiros

O governador de Alagoas, Renan Calheiros Filho (PMDB), ainda não preencheu a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) destinada ao Ministério Público, que enviou lista tríplice em junho.

A vaga estaria sendo reservada para o deputado estadual Olavo Calheiros (PMDB), irmão do presidente do Senado, o também peemedebista Renan Calheiros.

Em ato pessoal, o presidente da Assembleia, deputado Luiz Dantas (PMDB), opinou que o cargo é de livre escolha do governador.

O Tribunal de Contas de Alagoas e a Procuradoria Geral do Estado já definiram que o cargo é do MP de Contas. O órgão recebeu apoio público do Ministério Público (federal e estadual), da OAB local e de entidades nacionais de auditores e procuradores-gerais de Contas.

A assessoria do governador informa que Renan Filho aguardará decisão da Justiça.