Empresa de limpeza fornece jornalistas a tribunais

Por Frederico Vasconcelos

TSE e Limpeza nas eleições

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contratou 14 jornalistas para reforçar a assessoria de imprensa nas eleições municipais deste ano. Os profissionais usarão crachá fornecido pelo tribunal, mas o empregador real é uma empresa de limpeza que faz locação de mão de obra temporária na área de serviços gerais.

É o que revela reportagem de autoria do editor deste Blog, publicada neste domingo (6), na Folha.

A Liderança Limpeza e Conservação Ltda., com sede em Santa Catarina, receberá R$ 2 milhões para prestar “serviços especializados na área de comunicação social” no período eleitoral. Entre os clientes da Liderança, está o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, que exige jornalistas sem filiação partidária.

A terceirização de jornalistas tem previsão legal e costuma ser adotada por órgãos públicos nos Três Poderes.

Em 2009, o STF (Supremo Tribunal Federal) contratou por R$ 660 mil a empresa Assemp Limpeza e Conservação de Imóveis Ltda., com sede em Lauro de Freitas, na Bahia, “para prestação de serviços de jornalista”.

Quatro anos depois, o STF teve prejuízo de R$ 20 milhões ao assumir o pagamento de centenas de funcionários terceirizados em várias áreas. Sete contratos com a Assemp foram rompidos. A empresa alegou dificuldades financeiras.

A Assemp listava como clientes em seu site, além do Supremo, a Advocacia Geral da União, o Conselho Nacional de Justiça, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e o Banco do Brasil.

A Liderança começou a operar em 1995 e registrava capital social de R$ 3,5 milhões em 2011. Em 2015, foi incluída entre as mil maiores empresas do país no ranking da revista “Exame” (na 967ª posição), com receita líquida de R$ 470 milhões, 23 mil funcionários terceirizados e cerca de 700 clientes.

Os sócios da empresa são o empresário Francisco Lopes de Aguiar, um cearense de Quixadá que foi responsável pelo setor de pessoal numa empresa da construção, e sua mulher, Gilvana Meri Belegante.

Aguiar já foi entrevistado pela revista “Forbes”, em edição especial “com o ranking dos bilionários do mundo e suas histórias” –segundo informativo da empresa– e convidado a dar palestra em congresso de prestadores de serviços em Nova York (EUA).

Entre as atividades que a Liderança explora estão serviços variados, como limpeza urbana e predial, jardinagem, motoristas, segurança patrimonial, desratização, recepção, telefonia, serviços penitenciários, manipulação de valores e inspeção de passageiros e tripulantes em aeroportos.