Temer faz palestra virtual no seminário de Lisboa

Por Frederico Vasconcelos

Temer no evento do IDP
O vice-presidente Michel Temer permaneceu no Brasil para oficializar o fim da aliança do PMDB com o governo de Dilma Rousseff, mas reservou horário, nesta segunda-feira, para fazer uma gravação de sua exposição na abertura do “Seminário Luso-Brasileiro de Direito”, nesta terça-feira (29), em Lisboa. (*)

Um grupo de manifestantes com placas faz protestos na frente do prédio onde se realiza o evento promovido pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), fundado pelo ministro Gilmar Mendes, e pelo Instituto de Ciências Jurídico-Políticas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Como este Blog registrou, o agravamento da crise política no Brasil provocou manifestações, nas redes sociais, dos que viram o seminário como uma oportunidade para discutir em Portugal o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Estão previstas palestras, entre outros, dos senadores tucanos José Serra e Aécio Neves e do presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

Gilmar Mendes sustenta que o evento –em sua quarta edição– foi planejado há vários meses. O objetivo, diz, é reunir membros do Judiciário, lideranças políticas e acadêmicos dos dois países para discutir a Constituição e as crises políticas e econômicas no Brasil e em Portugal.

—————————

(*) Obs. Texto atualizado às 9h09