Novo vice-procurador-geral eleitoral

Por Frederico Vasconcelos

O subprocurador-geral da República Nicolao Dino é o novo vice-procurador-geral Eleitoral. Vai assumir o posto que era ocupado pelo subprocurador-geral Eugênio Aragão, atual ministro da Justiça, que sucedeu a José Eduardo Cardozo.

Dino deixa a coordenação da Câmara do MPF de Combate à Corrupção (5ª CCR).

O Ministério Público Eleitoral atua em todas as fase do processo eleitoral. O procurador-geral da República exerce a função de procurador-geral Eleitoral perante o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e indica membros para também atuarem na Corte.

Dino presidiu a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e foi membro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Dirigiu a Escola Superior do Ministério Público da União. É professor assistente da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília.

Graduado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão, Dino ingressou no Ministério Público Federal em 1991. Foi promovido a subprocurador-geral da República em 2014.

Nicolau Dino é irmão do governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), que presidiu a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe).