Smanio é o mais votado para procurador-geral

Por Frederico Vasconcelos

Eleição MPE-SPO Procurador de Justiça Gianpaolo Poggio Smanio foi o mais votado na eleição para Procurador-Geral de Justiça do Estado de São Paulo, para o biênio 2016/2018, realizada neste sábado (9).

Apoiado pelo atual Procurador-Geral, Mário Fernando Elias Rosa, Smanio recebeu 932 votos, ante 850 votos conferidos a Eloisa de Sousa Arruda, candidata de oposição à gestão atual. Ela ficou em segundo lugar.

Pedro de Jesus Juliotti, apoiado pela Associação Paulista do Ministério Público e por seu presidente, Felipe Locke Cavalcanti, recebeu 547 votos, ficando em terceiro.

Smanio teve 40,02% dos votos válidos. Eloisa ficou com 36,50% dos votos válidos, e Juliotti teve 23,49% dos votos válidos.

Houve ainda 3.209 votos brancos e 117 nulos.

A eleição aconteceu por voto eletrônico na capital e nas Áreas Regionais do Ministério Público no interior e no litoral (Araçatuba, Bauru, Campinas, Franca, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, Sorocaba, Taubaté e Vale do Ribeira). Os votos foram colhidos das 9h às 17h.

O resultado foi proclamado minutos depois das 17h pelo Procurador-Geral de Justiça. Neste final de semana, ele levará a lista tríplice – em ordem decrescente de votação – ao governador Geraldo Alckmin, a quem cabe nomear o novo procurador-Geral de Justiça, no prazo de 15 dias.

Ao final do processo eleitoral, Elias Rosa saudou os que concorreram no pleito e todo o Ministério Público pelos debates realizados.

“Nosso Ministério Público seguirá caminhando para um futuro ainda melhor”, afirmou.