Roberto Veloso é eleito presidente da Ajufe

Por Frederico Vasconcelos

Roberto Velloso AjufeO juiz federal Roberto Veloso foi eleito, nesta terça-feira (12), presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) para o biênio 2016-2018. A chapa “Avançar Sempre” obteve 1.149 votos. Outros 29 associados optaram pelo voto em branco.

Eleito para suceder a Antônio César Bochenek, Veloso prometeu dedicação para que a Ajufe seja cada vez mais reconhecida e respeitada. “Iremos trabalhar e nos dedicar muito para que os juízes tenham a garantia de um tratamento respeitoso. É uma tarefa grande, por isso contamos com a união de todos os associados nessa busca”,disse Velloso.

Segundo a assessoria da Ajufe, Veloso também destacou o ambiente de união na entidade, que resultou na candidatura única.

“Há vinte anos não acontecia uma eleição na Ajufe com uma única chapa. Isso foi um motivo de satisfação, pois mostra que a Associação está unida para enfrentar os desafios que se apresentam no futuro da carreira”, disse o presidente eleito.

A comissão eleitoral foi integrada pelos associados Marcus Vinícius Reis Bastos, Valéria Caldi Magalhães, Otávio Henrique Martins Port, Paulo Paim da Silva e Alcides Saldanha Lima.

Roberto Veloso graduou-se em Direito pela Universidade Federal do Piauí (1987) e tem mestrado e doutorado em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco.

Ele foi presidente da Ajufer (Associação dos Juízes Federais da 1ª Região). Em dezembro de 2010, Veloso mencionou no discurso de posse a fraude dos empréstimos fictícios tomados pela Ajufer com a Fundação Habitacional do Exército (Poupex).

Um mês antes, a Folha havia revelado que –sem saber do esquema– durante vários anos muitos juízes tiveram seus nomes usados indevidamente em contratos fictícios. Veloso determinou a apuração dos fatos.

“Nossa principal tarefa será a defesa das vítimas do esquema reconhecidamente fraudulento”, disse Veloso na cerimônia de posse na Ajufer. “Se alguns se beneficiaram, estes pagarão com os seus patrimônios o débito contraído”. “A Ajufer não dispenderá um único centavo para pagamento de dinheiro desviado”, disse.

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região ainda deverá decidir se recebe denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra ex-dirigentes da Ajufer, um ex-diretor da FHE/Poupex e dois agiotas. O julgamento –sob sigilo– foi suspenso por pedido de vista.

***
Eis a composição da diretoria eleita:

*

Presidente – Roberto Carvalho Veloso
Vice-Presidente da 1ª Região – André Prado de Vasconcelos
Vice-Presidente da 2ª Região – Eduardo André Brandão de Brito Fernandes
Vice-Presidente da 3ª Região – Marcelle Ragazoni Carvalho
Vice-Presidente da 4ª Região – Nelson Gustavo Mesquita Ribeiro Alves
Vice-Presidente da 5ª Região – Antônio José de Carvalho Araújo
Secretário-Geral – Fernando Marcelo Mendes
Primeiro Secretário – Rodrigo Machado Coutinho
Tesoureiro – Frederico José Pinto de Azevedo
Diretor da Revista – Fernando Quadros da Silva
Diretor Cultural – Marcos Mairton da Silva
Diretor Social – Marcelo da Rocha Rosado
Diretor de Relaçõe Internacionais – Raquel Coelho Dal Rio Silveira
Diretor de Assuntos Legislativos – Carlos Eduardo Delgado
Diretor de Relações Institucionais – Candice Lavocat Galvão Jobim
Diretor de Assuntos Jurídicos – Alexandre Vidigal de Oliveira
Diretor de Esportes – Gabriela Hardt
Diretor de Assuntos de Interesse de Aposentados – Sérgio Feltrin Corrêa
Diretor de Comunicação – Paulo André Espírito Santo Bonfadini
Diretor Administrativo – Alexandre Berzosa Saliba
Diretor de Tecnologia da Informação – Marcelo Lélis de Aguiar
Coordenador de Comissões – Fábio Moreira Ramiro
Diretor de Prerrogativas – Marcel Citro de Azevedo
Suplente – Alexandre Ferreira Infante Vieira
Suplente – Paulo César Villela Souto Lopes Rodrigues
Suplente – Fernando Nardon Nielsen
Suplente – Sandro Nunes Vieira
Suplente – Ronivon de Aragão