Portaria ministerial esquece titular da Justiça

Por Frederico Vasconcelos

Portaria Ministério da Justiça

 

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, assinou nova portaria sobre a criação do Núcleo Permanente de Combate à Corrupção e Criminalidade Violenta.

Na portaria anterior, publicada no “Diário Oficial da União” do último dia 27/6, não constava do artigo 2º, referente à composição do grupo, que o ministro será o presidente do núcleo.

Na nova versão, além de quatro procuradores-gerais de Justiça e suplentes que serão convidados a integrar o núcleo, foi incluído “um representante do Ministério Público Federal, indicado pelo Procurador-Geral da República”.

O núcleo pretende articular a atuação de órgãos federais e estaduais encarregados da prevenção e combate à corrupção, propondo troca de informações, apoio técnico e operacional e possível auxílio orçamentário.