Tropa da Lava Jato que vai auxiliar Janot no STF

Por Frederico Vasconcelos

Janot no Supremo

A procuradora-geral da República em exercício, Ela Wiecko de Castilho, designou o grupo de trabalho de procuradores e promotores que vai auxiliar nos próximos seis meses o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, nos desdobramentos das investigações da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal.

A tropa auxiliar vai realizar oitivas, participar da produção de provas e de audiências, requisitar informações e documentos, além de firmar colaborações premiadas.

São membros efetivos: Anna Carolina Resende Maia Garcia, Daniel de Resende Salgado, Douglas Fischer, Melina Castro Montoya Flores, Pedro Jorge do Nascimento Costa, Rafael Ribeiro Rayol, Ronaldo Pinheiro de Queiroz, Sergio Bruno Cabral Fernandes e Wilton Queiroz de Lima.

São membros colaboradores: Andrey Borges de Mendonça, Bruno Freire de Carvalho Calabrich, Fábio Magrinelli Coimbra, Marcello Paranhos de Oliveira Miller e Rodrigo Telles de Souza.

A coordenação jurídica do grupo será exercida pelo procurador regional da República Douglas Fischer. A coordenação da investigação será exercida pelo promotor de Justiça Sergio Bruno Cabral Fernandes.