O cronógrafo de Fux e o cronograma do Supremo

Por Frederico Vasconcelos

Fux e cronógrafo

Para agilizar o julgamento das ações no Supremo Tribunal Federal, o ministro Luiz Fux propõe que cada membro da Corte limite a 15 minutos o tempo de fala nas votações.

Mais importante do que cronometrar os votos dos ministros seria evitar a demora para o Pleno do STF apreciar liminares que criam direitos.

É o caso, por exemplo, da liminar que Fux concedeu, em setembro de 2014, criando o auxílio-moradia.

Não julgada até hoje, a liminar abriu a porteira para a concessão do auxílio-moradia para a magistratura, decisão na qual o Ministério Público pegou carona.

Fux tutela antecipada