Ainda sobre manobras nas eleições da AMB

Por Frederico Vasconcelos
Este Blog foi usado numa aparente tentativa de influenciar o processo eleitoral da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros). O nome do editor deste site foi mencionado indevidamente num grupo fechado de discussão no Facebook.
 
Nesta sexta-feira (21), recebemos a seguinte consulta, por e-mail:
 
 
Prezado Frederico Vasconcelos:
 
Sou Juiz do Trabalho no TRT da 5ª Região (Bahia) e filiado à AMB.
 
Em atenção à matéria disponível no sítio <http://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2016/10/19/eleicao-de-juizes-tem-perfil-falso-no-facebook/>, um dos apoiadores do candidato da situação, Gervásio Protásio dos Santos Jr., lançou no grupo fechado para Facebook a seguinte afirmação:
 
“Fred Vasconcellos ligou para a assessoria de imprensa da Chapa 3 para saber sobre o caso Dulce e informou que há mais de duas semanas é procurado insistentemente pela assessoria do colega Jayme Oliveira para divulgar esta informação, revelando-a como um ato praticado pela chapa de Gervásio.”
 
Gostaria de saber se a informação procede, isto é, se você, em contato telefônico com a Chapa do candidato Gervásio, declarou que, há duas semanas, era procurado insistentemente pela assessoria de comunicação do candidato Jayme.
 
De logo, peço autorização para postar eventual resposta no referido grupo no Facebook.
 
Atenciosamente,
 
Rafael Menezes Santos Pereira
 
 
Este editor respondeu ao juiz que a informação não procede. O Blog não foi procurado pela assessoria de comunicação do candidato da oposição. Este editor conversou diretamente com o juiz Jayme Martins de Oliveira Neto sobre as propostas de sua chapa, e ele nunca mencionou o episódio do perfil falso no Facebook. A AMB disponibilizou em seu site ofício de Jayme Oliveira, que pediu à Comissão Eleitoral da AMB uma investigação sobre os fatos. O Blog divulgou a notícia depois que os fatos se tornaram públicos.