CNJ espera retomar julgamento de juízes da Bahia

Por Frederico Vasconcelos

Pedido de vista do corregedor João Otávio de Noronha interrompeu o julgamento de ex-presidentes do Tribunal de Justiça da Bahia.

*
O Conselho Nacional de Justiça informa que o colegiado pode retomar, nesta terça-feira (7), o julgamento do processo administrativo disciplinar contra os ex-presidentes do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia Telma Britto e Mário Simões Hirs. Eles foram acusados de de não terem tomado as providências necessárias para sanar supostas irregularidades na gestão da área de precatórios do TJ-BA.

Na última sessão do órgão, o relator do processo, conselheiro Arnaldo Hossepian, emitiu seu voto e pediu a pena de disponibilidade aos dois desembargadores.

O julgamento foi interrompido por um pedido de vista do corregedor Nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha.

Constam da pauta 91 processos, incluindo onze decisões liminares que serão submetidas à ratificação do plenário.

A íntegra da pauta foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico do dia 24 de fevereiro.