Oito procuradores disputam o cargo de Janot

Por Frederico Vasconcelos


Oito membros do Ministério Público Federal registraram seus nomes como candidatos à lista tríplice para o cargo de Procurador-Geral da República: Carlos Frederico Santos, Eitel Santiago de Brito Pereira, Ela Wiecko Volkmer de Castilho, Franklin Rodrigues da Costa, Mario Luiz Bonsaglia, Nicolao Dino de Castro e Costa Neto, Raquel Elias Ferreira Dodge e Sandra Verônica Cureau.

O prazo para inscrições foi encerrado nesta quarta-feira (24), às 18h. O mandato do atual procurador-geral da República, Rodrigo Janot, se encerra no dia 17 de setembro.

“Considerando a trajetória e capacidade técnica de que dispõem, estou certo de que, uma vez mais, a carreira apresentará à sociedade nomes com plenas condições de liderar o MPF nesse momento histórico para o país”, avalia José Robalinho Cavalcanti, presidente da ANPR.

A ANPR promoverá seis debates entre os candidatos. O primeiro ocorrerá no dia 29 de maio, em São Paulo (SP), a partir das 13h30. A consulta à categoria ocorrerá na última semana de junho, em todas as unidades do Ministério Público Federal.

O presidente da ANPR remeterá a lista com os três nomes mais votados ao presidente da República, aos presidentes do Supremo Tribunal Federal, do Senado Federal e da Câmara dos Deputados, além de encaminhar ao procurador-geral da República e ao Conselho Superior do MPF.

O escolhido pelo presidente da República será sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Depois, seu nome será submetido ao Plenário do Senado (onde deve obter aprovação por maioria absoluta).

O mandato do Procurador-Geral da República é de dois anos, permitida a recondução.